Home >> Notícias >> CUTs estaduais debatem com Contac e Fetraf a Operação Carne Fraca

CUTs estaduais debatem com Contac e Fetraf a Operação Carne Fraca

A Confederação Nacional dos Trabalhadores da Indústria na Alimentação da CUT (Contac), a Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar (Fetraf) e a Central Única dos Trabalhadores (CUT) debateram no último dia 10 de abril sobre os impactos da Operação Carne Fraca, deflagrada no mês passado pela Polícia Federal e que trouxe à tona o debate em torno da qualidade da carne produzida e comercializada no Brasil.

A atividade ocorreu na sede do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Chapecó e Região (SITESPM-CHR) e contou com a participação do movimento sindical do Paraná, de Santa Catarina e do Rio Grande de Sul. Pela Contac-CUT participaram o vice-presidente, Ernane Garcia Ferreira, e o secretário-geral, José Modelski Júnior.

“Fizemos amplo debate sobre esta operação exposta de uma forma irresponsável pela Polícia Federal na grande imprensa, que chocou os brasileiros com denúncias de violações sanitárias e mudou o cenário da economia. E, mais ainda, que impactou também os trabalhadores do setor da alimentação”, relata Modelski Júnior.

Segundo o dirigente, a Contac defende o rigor nas investigações e a punição dos culpados, mas existem, em sua avaliação, interesses de outra ordem. “Não podemos negar de que houve influência estrangeira, mas, por outro lado, se descortinaram problemas de corrupção de agentes públicos aliciados para defender interesses principalmente das maiores empresas do setor e isso não admitimos”, afirmou.

O secretário-geral também lembrou que o presidente da Contac-CUT, Siderlei de Oliveira, esteve presente no Senado federal, em Brasília, nos últimos dias 28 e 29 de março, em audiências que ocorreram na a Comissão de Direitos Humanos (CDH) e na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). Na ocasião, a Confederação reafirmou que os culpados devem ser punidos, mas que depois dos escândalos a situação da indústria não será a mesma daqui para frente.

“Ali denunciamos as empresas maquiadoras de produtos e entregamos um documento nas mãos dos representantes do Ministério da Agricultura para comprovar as irregularidades”, disse Modelski Júnior.

Setor da alimentação em debate

Durante o encontro, o pesquisador, agrônomo e doutor em Engenharia de Produção, Clovis Dorigon, apresentou pela Epagri, empresa pública, vinculada ao Governo do Estado de Santa Catarina por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, dados sobre o setor de carne no Brasil e a relevância mundial desta área. Também falou sobre as principais empresas frigoríficas brasileiras e sua inserção no mercado mundial.

Sobre a Operação Carne Fraca, a Epagri mostrou números atualizados do volume de exportações e a queda dos preços dos produtos brasileiros após a divulgação das fraudes pela Polícia Federal na imprensa.

encontro_chapecoAlém das lideranças do movimento sindical, também participaram parlamentares como o deputado estadual Dirceu Dresch (PT-SC), que condenou o modelo de concentração adotado pelo Brasil que, ao longo de anos, disse, injetou recursos públicos por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para fortalecer grandes empresas nacionais para competirem no mercado externo, como a JBS e a BRF. Segundo o deputado, isso criou um sistema de dependência deste financiamento, além de ampliar a exploração de mão de obra barata de trabalhadores rurais e urbanos.

Encaminhamentos – No final do encontro, as CUTs estaduais, a Contac e a Fetraf decidiram pela elaboração de um documento sobre os debates que ocorreram no encontro, que dará embasamento a novas audiências que as entidades pretendem organizar nos estados. Ainda, os representantes irão cobrar uma reunião com o atual Ministro da Agricultura do governo ilegítimo de Michel Temer, Blairo Maggi, para apresentar as conclusões e deliberações dos representantes dos trabalhadores sobre o tema em discussão.

Escrito por: Redação – Contac-CUT
Atualizado em: 15 de abril de 2017

Há um comentário em “CUTs estaduais debatem com Contac e Fetraf a Operação Carne Fraca

  1. parabèns a Contac.CUT Pela agiludade e rapdez que agiu em defesa dos trabalhadores e a central Unica CUTs parabens tambem ao deputado estadual do RS altemir tortelle ao senador paulo paim que cinduziu a Audiencia Publica para discutir a situação do setor dos frigorificos !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top