Home >> Notícias >> Ramo da alimentação promove greve dia 19 em defesa da aposentadoria

Ramo da alimentação promove greve dia 19 em defesa da aposentadoria

A Confederação Brasileira Democrática dos Trabalhadores nas Indústrias da Alimentação da CUT (CONTAC-CUT) mobiliza suas bases para a greve do dia 19 contra a reforma da Previdência.

Entidades do movimento sindical e popular organizam nesta data a realização de um Dia Nacional de Paralisações, com protestos e greve nos locais de trabalho.

A reforma da Previdência foi apresentada durante o golpe no governo ilegítimo de Michel Temer (MDB), sem diálogo com a sociedade e sem consulta às entidades do movimento sindical.

Com apenas 3% de aprovação popular, segundo o Ibope, o governo apresenta como proposta que homens só poderão se aposentar com 100% do benefício se tiverem 65 anos de idade, mais 40 anos de contribuição do INSS. Já as mulheres precisarão ter 62 anos de idade, mais 40 anos de contribuição.

Como lembra o presidente da CONTAC-CUT, Siderlei de Oliveira, a expectativa de vida dos brasileiros é inferior, na maioria dos municípios brasileiros, aos 65 anos. “Isso significa que os trabalhadores e as trabalhadoras irão morrer sem conseguir se aposentar. Esta reforma é, na realidade, o mesmo que acabar de vez com o direito à aposentadoria”, afirma.

Para o secretário de Política Sindical da Confederação, Nelson Moreli, se o governo estivesse de fato preocupado em melhorar a Previdência Social, ele cobraria das grandes empresas as dívidas com o INSS e não tiraria do bolso da classe trabalhadora.

“Sabemos que bancos como Bradesco e Caixa Econômica Federal e empresas como Marfrig e JBS devem, juntas, R$ 3,9 bilhões aos cofres públicos. Mas os golpistas não estão preocupados em resolver este problema. É por isso que orientamos todas as federações e sindicatos da alimentação a cruzarem os braços em defesa de seus direitos”, conclui.

Escrito por: Redação CONTAC-CUT
Atualizado: 11 de fevereiro de 2018
Foto da capa: Portal Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top